17 de mai de 2012

Professores da UFMT entram em greve a partir de hoje á noite



Os professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) entram em greve a partir das 19 horas de hoje. Eles reivindicam do Ministério da Educação (MEC) a reestruturação da carreira e melhorias salariais. A decisão de parar as atividades foi tomada na última terça-feira, 15, em assembléia geral da categoria no próprio Campus da UFMT local.

Segundo o presidente da Associação dos Docentes da UFMT (Adufmat), o professor Antonio Gonçalves Vicente, o Tati, a negociação com o MEC já vem se arrastando a mais de um ano, sem definição favorável aos professores. “Eles na verdade dizem concordar e apoiar a nossa proposta, só que fica só na retórica, não implementam na prática as melhorias que reivindicamos”, afirmou Tati.

O líder dos professores esclarece que a categoria reivindica um Plano de Carreiras, com a inclusão de dois novos níveis para a carreira de professor. “Hoje, um professor que tenha doutorado, chega ao fim da carreira com oito anos de trabalho. Isso é ruim, pois não valoriza da forma correta esse profissional e desestimula novos professores de entrarem na carreira. O MEC reconhece isso e agora queremos que isso seja efetivado. Por isso, vamos parar, até que haja uma definição”, explicou Tati.

Paralisação geral - Ainda segundo o professor Tati, no próximo dia 11 de junho, as demais categorias de servidores públicos federais também devem parar suas atividades, numa grande greve geral que afetará o serviço público em todo o País. Na pauta, aumentos salariais e reenquadramentos profissionais.

Fonte: http://www.noticiasdematogrosso.com.br/?pg=noticia&intNotID=36590

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua Opinião é muito importante para futuras melhorias no Blog do CAMAT/UFMT/CUR...

Agradecemos pelos comentários.