23 de jul de 2012

VI- Bienal da SBM- 2012.



      A VI Bienal da Sociedade Brasileira de Matemática, organizada pelo Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC) da Universidade Estadual de Campinas, ocorrerá no período de 3 a 7 de dezembro de 2012.

      O evento, que contará com a presença de nomes destacados das diversas áreas, oferecerá conferências, comunicações, minicursos, oficinas, pôsteres digitais, filmes e exposições.

Também serão organizadas mesas-redondas e painéis de discussão, fortalecendo o papel da Bienal como espaço para a discussão de políticas públicas referentes à questão de ensino de matemática, em diversos níveis.

Datas importantes:

Submissão dos trabalhos de 1 de junho a 31 de julho de 2012
Divulgação dos trabalhos aceitos 1 de setembro
Início das inscrições 1 de setembro
Submissão da versão final
dos minicursos aceitos até 28 de setembro
Bienal da SBM de 3 a 7 de dezembro de 2012
Reuniões de grupos de trabalho 8 de dezembro de 2012

Convidados Confirmados: 

Ali Tahzibi (ICMC – USP)

André Nachbin (IMPA)

Andrei Toom (Universidade Federal de Pernambuco)

Carlos Alberto de Bragança Pereira (IME - USP)

Djairo Guedes de Figueiredo (IMECC - Unicamp)

Emanuel Carneiro (IMPA)

Fernando Codá (IMPA)

Jaume Llibre (Universitat Autònoma de Barcelona)

João Lucas Barbosa (Universidade Federal do Ceará)

José Mario Martinez (IMECC - Unicamp)

Julio Stern (IME - USP)

Lorenzo Diaz (PUC - Rio)

Mauro Rabelo (Universidade de Brasília)

Nancy Lopes Garcia (IMECC - Unicamp)

Nicolau Saldanha (PUC - Rio)

Roberto Imbuzeiro Oliveira (IMPA)

Eixos Temáticos:

Assim como nas primeiras cinco edições da Bienal, as atividades se agruparão nos seguintes eixos temáticos:

BELOS PROBLEMAS E BELAS SOLUÇÕES
Sessão voltada a problemas que, tanto pelo enunciado como pela solução, sejam capazes de destacar a beleza da Matemática.

HISTÓRIA DA MATEMÁTICA
Sessão destinada a versar sobre tópicos interessantes da Matemática e seu desenvolvimento ao longo do tempo. Deve contribuir para a percepção da evolução do pensamento matemático, não se limitando à apresentação de fatos históricos.

INFORMÁTICA NA MATEMÁTICA
Sessão que enfoca o uso da informática no ensino e na pesquisa em Matemática, ressaltando o conteúdo matemático. Pode prever aulas práticas em laboratório de informática.

LABORATÓRIOS DE ENSINO DE MATEMÁTICA
Sessão para a apresentação de modelos concretos para o ensino de Matemática, enfatizando o conteúdo matemático envolvido na sua construção, utilização e manuseio. Os modelos podem ser apresentados, sob a forma de exposição, ao longo do evento.

TEMAS INTERDISCIPLINARES
Sessão que contempla a interação da Matemática com outras áreas do conhecimento. Os temas devem ser recentes, ou apresentados sob uma nova abordagem.

TÓPICOS ESPECIAIS EM MATEMÁTICA
Sessão dedicada a tópicos de Matemática que despertam amplo interesse em pelo menos uma das faixas do público-alvo. Os tópicos podem ser usuais, desde que apresentados sob uma abordagem nova e interessante.

Atividades:

CONFERÊNCIAS
Conferências convidadas, com duração de 50 minutos.

COMUNICAÇÕES
Apresentações orais de 30 minutos dentro de qualquer um dos eixos temáticos. 

A submissão da proposta deve conter um resumo de 3 a 5 páginas.

MINICURSOS
Aulas de caráter expositivo, em duas possíveis cargas horárias: duração de 4 ou 6 horas-aula, divididas em dois ou três encontros, respectivamente. 

A submissão da proposta deve conter um resumo de 5 a 10 páginas.

OFICINAS
Distinguem-se dos minicursos pelo caráter prático (interativo, manipulativo, etc.), com duração de 2 ou 4 horas-aula, divididas em um ou dois encontros, respectivamente. Todo o material necessário deve constar explicitamente da proposta e será providenciado pelo proponente (exceto recursos computacionais; é imprescindível a especificação dos programas ou ambientes a serem utilizados).

A submissão da proposta deve conter um resumo de 5 a 10 páginas.

PÔSTERES DIGITAIS
Ao invés da tradicional sessão de cartazes, trabalharemos com pôsteres digitais (slides) em formato PDF. Incentivamos a participação de trabalhos de Matemática desenvolvidos em projetos de Iniciação Científica, PET, PIBID, ou em outras atividades semelhantes.

As apresentações serão exibidas automaticamente nas telas disponíveis e podem incluir vídeos ou imagens, com duração máxima de cinco minutos. Além da exibição permanente e continuada de todos os pôsteres, haverá um horário específico em que o expositor apresentará oralmente o trabalho aos interessados. A participação nesta sessão poderá ser por opção do participante ou por indicação da Comissão de Programa.

A submissão da proposta deve conter um resumo de até 2 páginas.

FILMES
Sessão para contemplar a apresentação e discussão de filmes de divulgação cujo conteúdo matemático seja atrativo e de interesse amplo.

EXPOSIÇÕES
Material concreto de divulgação matemática.

PAINÉIS E MESAS REDONDAS
Visam proporcionar contato e discussão entre formuladores de políticas públicas e a comunidade matemática formada por estudantes, professores e pesquisadores. Serão abordados os temas de formação inicial (Licenciatura) e continuada de professores de matemática assim como a produção e utilização de material inovador para ensino de matemática. 

Informações:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua Opinião é muito importante para futuras melhorias no Blog do CAMAT/UFMT/CUR...

Agradecemos pelos comentários.